quarta-feira, agosto 05, 2015

A gata preta passou por baixo da escada
Dessas que atrapalham os transeuntes
Perdeu uma vida  ao sair da calçada
Dessas de poças ocultas a benzer meias num chuá
A gata preta ao cruzar a rua habitat do aço e do álcool
Virou palito a palitar no além os dentes do Altissimo ?
Com mais almas a dispor a  gata sombra voltou na noite de sexta-feira
Com sua malemolência de de gata ninja bahiana  
 Servindo  de espelho quebrado nas idéias do além

No aquém cérebro em prantos do apoucado Barata.

Wilson Roberto nogueira

Nenhum comentário:

Loading...