segunda-feira, novembro 01, 2010

A vida me mordeu e experimentou meu sangue; tão sem gosto que abandonou me.


Agora a morte quer transar comigo.Mas sigo sendo celibatário.Vivo na minha cela

a orar...para minha sombra a quem chamo Deus.



Wilson Roberto Nogueira

Nenhum comentário:

Loading...