segunda-feira, outubro 24, 2016

Dentro daquela mosca varejeira habitava a corrupção que teimavam chamar politica de resultados.
Azulescida o coprofago inseto gozava do culto de milhões de cunhas que viralizavam em cada sangue pútrido exalado das calçadas , nas vielas , embaixo da saia das vestais democráticas e supra partidárias
a a amorfa moral anfíbia alimentava-se de moscas azuis e seus cocôs dourados nas vielas da nossa democracia de pés podres.
Wilson Roberto Nogueira


Nenhum comentário:

Loading...