sábado, outubro 10, 2015

A questão Síria

Uma derrota politica de Washington invisibilizada pela imprensa sabuja desloca a questão para a Questão ucraniana. Um maior apoio politico ao Governo golpista de Kiev . Com apoio militar através da Otan  ampliando o cerco nos países limítrofes a Rússia.Entretanto aí põem-se a prova a autonomia de Berlin e Paris frente a Washington. Posto que o entendimento claro é que Moscou e não Washington  é que de fato está envidando esforços para estabilizar o Oriente Médio e não os EUA mais preocupado em desestabilizar e por em ruínas os países da região facilitando o empoderamento de criminosos como os do Dash , fortalecendo os tanto ao ponto de efetivamente se constituírem como Estado. Suspeitas de que tal instabilidade atendem   aos interesses do Complexo militar industrial e dos falcões de Washington pois põem na defensiva Moscou e Beijin (Caucaso,Ásia Central e Sinkiang  com populações que podem ser instrumentalizadas contra Moscou e Beijin )


Wilson Roberto Nogueira

Nenhum comentário:

Loading...