sábado, outubro 10, 2015

Realpolitik

Vamos deixar claro uma coisa. A Realpolitik não é espaço de maniqueus ou quem acredita em contos de fadas . Quanto mais isso ficar claro para as partes melhor. A politica Idealista de W. Wilson e Jimmy Carter acabou.Tanto democratas quanto republicanos em termos de relações internacionais tem um consenso claro . Manutenção do caráter imperial de sua agenda .Um age unilateralmente e outro com estados vassalos que participam do butim.As guerras não começam com bombardeios mas com a asfixia econômica contra países que "não tem os mesmos valores do ocidente".Código para quem confronta a" autoridade "de Washington . seus interesses econômicos e estratégicos . A única diferença é que os republicanos não possuem a máscara dos democratas, estes mais "políticos" procuram ter cúmplices de seus crimes e assim as ações ficam mais baratas. Seus sócios os britânicos são o grande porta aviões do Tio Sam na Europa.Os EUA e o Reino Unido usam a OTAN , o FMI, o Banco mundial  e o FED para influir na condução de uma agenda global que atenda aos seus  interesses estratégicos compensando os países que aceitam se submeter  ao "ocidente ". para isso compram com prêmios, financiamentos , glamour a imprensa,...

A Rússia por outro lado não quer perder sua influência no espaço que um dia foi da URSS. Quer mostrar que sua vos ainda tem peso no concerto das nações . E vê como um direito inalienável ter opiniões contrárias , cultura diversa e independência de fato , tanto politica quanto econômica .A Europa Ocidental cada vez tem menos poder de fazer valer uma leitura independente da de Washington. Coloca-se num discurso moderadamente oposto a esse ou aquele governo americano, mas é nada faz de concreto quando se vê espionada, quando cede seu território para bases americanas de aprisionamento e tortura da Cia (ao arrepio do direito europeu ) .Quando comportam-se com poodles .

Wilson Roberto Nogueira

Nenhum comentário:

Loading...