sexta-feira, janeiro 09, 2009

Ano Novo

Esperança no impossível
fé na fluides da vida essência
de felicidade efêmera
chama plena de humana contradição
alimento de sonho e pesadelo ano novo.

Qual pássaro crescerá desse ovo?
Cegonha, abutre ou águia
não interessa para quem sonha sonhemos juntos
e talvez daí surja a transformação flor nascendo
por entre as fendas da muralha.
Ano de Paz ...Seja uma convenção ou não
que o ano novo seja um novo ano.

Wilson Roberto Nogueira

Nenhum comentário:

Loading...