sexta-feira, novembro 28, 2008

Minha irmã perdeu o filho de quatro anos e, não consigo dizer nada para ela;
O meu coração não está engasgado.Talvez dormindo ou , morreu.
Não está em julgamento a ausência de sentimento, essa máscara de grosso pano
que não me deixa respirar. Não consigo ver a luz das pessoas. Nada leio em seus rostos;sequer na lousa da minha irmã. Mas prossigo assim mesmo como um bêbado na escuridão , espero. Bem da verdade não ligo se causa dano o oco da minha alma .
Mas por que o silêncio da madrugada me dilacera o ouvido?
Wilson Roberto Nogueira

Nenhum comentário:

Loading...