sexta-feira, março 06, 2009

Cervejamos Sós Mocados em Nós

tentativa de sintetizar sentimentos nas angústias cotidianas, não cabem em corações e invadem co(r)pos para depois fugirem aladas ;sondar nos campos da memória mais trigo para nosso pão de cada dia; também me serve o pão liquido .Solidifico o sonho e invado o pesadelo com a luz da esperança que perscruto no doirado copo de uma loira gelada ou quente, virada para a parede olhando para si no espelho.

Wilson Roberto Nogueira

Um comentário:

RAUL POUGH disse...

Não cabem em corações e invadem
co(r)pos. Vai uma ruiva gelada?

Loading...