sábado, outubro 23, 2010

Com medo do quê? Viver para sofrer; ganhar com a perda, da dor de alguém.


Quem?

Viver é morrer um pouco todos os dias .

Para que a pressa,

se é a solução, a poção mágica caindo, caindo na goela, lá, é Estar Junto!

Melhor sem ela .

Quem?

A Morte, a última consorte.

Com sorte, ela não me queira.

Só mesmo diante do túmulo de algum suicida sem sorte.

Sortilégios chovam na campa ao alvorecer !



Lençol sobre a planície negra.



Wilson Roberto Nogueira

Nenhum comentário:

Loading...