sábado, outubro 16, 2010

Eldorados

A justiça no Pará

é muito justa

é tão justa que até sufoca a justiça

justíssima

prende a arma e solta o matador.

O jagunço foi só a arma que disparou.

Quem mandou ?

Quem pagou ?

Um juiz condena

e outro absolve

e a justiça cega

cala.

Vela a justiça a imponente

IMPUNIDADE.

quem tem os cobres cobre-a

de mimos.

No Pará os Direitos humanos

estão sepultados na terra rasa e vasta

ao som dos grilos .

Wilson Roberto Nogueira

Nenhum comentário:

Loading...