domingo, outubro 31, 2010

Uma graciosa garça perdida entre gaivotas


de soslaio, bicadas na intrusa.

Outra, solitária e faminta gaivota

devora seu peixe temperando no sal do mar

seu amor por voar

longe do preconceito.

Sê bem vinda garça

mas o peixe é meu !



Wilson Roberto Nogueira

Nenhum comentário:

Loading...