domingo, outubro 31, 2010

Existem três tipos de vagabundos; a espécie que reportarei pode ser vista nos parques.


Aquele logo ali: um saco rasgado de estopa pleno de baratas à espera da morte, ela contudo, enojada, dele não se aproxima.Segue coberto pelo negror a esconder-se da luz ,o zumbi a escutar ,perseguido por um zumbido a suplicar em meio a algazarra de ecos de espelhos partidos à pedradas, por um cérebro ,enquanto caem mais pedras e mais sugado é sugado pelo vazio seu rosto.Resta a revolta cega por mais umas gramas de lápide anônima.a morte aguarda, o quê nem ela sabe.

"Só o sombra sabe!"

como está difícil encontrar neste pântano

alguma esperança na forma de uma flor.

sobram serpentes.

Wilson Roberto Nogueira

Nenhum comentário:

Loading...