sexta-feira, agosto 06, 2010

Uma tempestade negra cobriu as fotos


os olhos da memória perderam a luz

sem farol só restaram o testemunho dos naufrágios



Os sonhos perambulam tropegos com os braços estendidos

procurando algum ponto futuro e são sugados

pelo buraco da fechadura para outra dimensão

a UtOpia

Pena que os esqueletos não tenham pés

e os corações a chama.



a tempestade passa

a vida passa como uma uva seca

mas ainda guarda o sabor

mas aonde estarão as bocas



só restaram os lobos que vagam famintos.



Wilson Roberto Nogueira

Nenhum comentário:

Loading...