segunda-feira, agosto 02, 2010

Pétrio pássaro

Dentro daquela palavra ígnea

uma lava gerada na dor
a devorar de incêndios
a lavra da palavra.
lavrador do pensamento
na tinta rubra do sentimento
na trilha da escrita caminhava
e a cada pedra no caminho
voava um passarinho
na lágrima da letra
uma pena da asa
dentro daquela palavra ignea
respirava o coração de um poeta.
Wilson Roberto Nogueira

Nenhum comentário:

Loading...